Pular para o conteúdo principal

Postagens

O Doce envelhecer de Maria Bethânia

Em um tempo em que o corpo vai se artificializando na busca ensandecida pelo que se acredita ser beleza e juventude, Maria Bethânia surge com seus longos cabelos embranquecidos , alma leve e sem maquiagem. Seu tempo de vida é intensidade vibrante de quem sabe que a alegria de viver não se mostra tão somente por fora, mas se revela com intensa paixão por dentro, é a força água nascente em corrente livre pela simples e inquieta alegria de fazer do seu tempo, tempo de vida. Maria Bethânia vive intensamente seus elegantes anos, como são elegantes os que não caem em sombrias tardes cheias de fantasmas saudosistas, o que passou passou, todos os dias é dia de vida, é dia de reencontro, renascemos e nunca morremos, a morte de todos os dias é a alegria da natureza nos chamando para a urgência calma de estarmos em paz com quem somos.Por isso Bethânia convida Edithe Piaf para festa e canta para si e seus pares: non je ne regrette rien! O envelhecer de Maria Bethânia é doce como é doce seu praze…
Postagens recentes

A prisão de Lula

Hoje o juiz Sérgio Mouro decretou a prisão do ex-presidente Lula, Lula tem até amanhã às 17h para se entregar a Polícia Federal, sua pena é de treze anos de reclusão.
Um dia uma colega de faculdade, Ana Rita, me disse que a burguesia nunca despreza seus filhos. Amanhã quando Lula for preso e olhar para trás não vai enxergar a tradição política ou jurídica na sua história, Lula veio da não tradição 400 anos de mando, da não elite, com ele amanhã macabramente vai se cumprir a sina que ele parecia ter escapado: escárnio, decadência, humilhação e de alguma maneira pobreza, se não material, espiritual. Ao chegar ao poder Lula levou consigo a esperança de todo um lado do país humilhado e esquecido: o Brasil do norte, o Brasil que o sul do país odeia e despreza, o povo que um simples sotaque pode fazer perder um emprego. Esse povo tinha e muitos ainda têm em Lula a figura de um ex-presidente que pela primeira vez mexeu nas estruturas sociais engessadas do norte-nordeste que condenavam milhões…

O pior candidato

A soma dos ódios, negação de todas as políticas sociais e até mesmo dos direitos humanos é a esfinge do senhor Jair Bolsonaro. Nenhum candidato representa mais a quebra da ordem institucional e da alegria brasileira que esse senhor e seus sempre raivosos eleitores. Com um discurso ácido e ao mesmo tempo raso os eleitores de Bolsonaro criaram uma espécie de seita na qual a verdade e a vida são prerrogativa deles. A neblina de ódio que envolve Bolsonaro é facilmente comprovada nas postagens em redes sociais do próprio candidato ou dos seus seguidores, nessas postagens Bolsonaro é apresentado como um justiceiro que ao chegar ao poder vai resolver de uma só vez todos nossos problemas, nestas postagens Bolsonaro não dialoga com ninguém (excetuando-se seus seguidores em entrevistas chapa branca), ele sempre “calou a boca”, “arrasou”“ quem mandou brincar com ele” e assim por diante. Festeja-se a burrice da resposta ácida e sem reflexão em detrimento do convívio democrático. Bolsonaro é agressi…

Illusion

What I want from life is  the delicacy of  flowers attracted by the sun.  A friendly hug Of  shining mornings, To be the one who  multiplies green  life in the desert.  I want the aroma of the beloved heart.  Courage to fight, love for peace. The serenity of the simple  things, the forever encounter with  good hearts, Sword freedom in  my hands. To rest on the beloved  lap in the calm afternoon. Lord of my steps,  I just wanna be in someone’s life and love deeply  By Ediney Santana

O mecanismo é a burrice

O Mecanismo (José Padilha e Elena Soárez (2018 –Netflix) é uma série policial que através da ficção cria hipotéticos bastidores da Operação Lava Jato. A série é baseada no livro Lava Jato - O Juiz Sergio Moro e os Bastidores da Operação que Abalou o Brasil, de Vladimir Netto. O livro por si só é um recorte do que aconteceu ou teria acontecido durante a citada operação que envolveu o poder judiciário, polícia federal e ministério público. Nenhuma visão sobre coisa alguma pode ser definitiva, a visão que escolhemos para acreditar é sempre um recorte da realidade, isso quando estamos falando do mundo factual, agora pegarmos uma obra de ficção e a partir dela tentarmos entender a realidade é descabido, por mais que uma obra de ficção nos mostre traços indeléveis da realidade ela continuará sendo ficção. O Mecanismo provocou a ira de políticos e artistas de esquerda que vieram nela à tentativa de manipular fatos, semear falsas ideias sobre o que realmente aconteceu. Por outro lado, person…

A extrema direita e os crimes

Quando Marielle Franco foi assinada no Rio de Janeiro, redes lixo sociais foram tomadas por mensagens de ódio contra a vereadora, mais que isso, culpavam ela mesma por sua morte, como se não bastasse, atacavam a honra e dignidade da vereadora ligando-a aos grupos criminosos atuantes no Rio de Janeiro. A ideia central era que não precisava investigar nada, porque o crime por si só já estaria esclarecido. Quando tiros atingiram ônibus da caravana Lula, mais uma vez redes lixo sociais foram tomadas por mensagens que diziam entre outras coisas que os tiros foram dados por pessoas do próprio PT, sendo assim, não se teria mais nada para ser investigado. Todas as mensagens que vi, foram muitas, partiu de pessoas que estão ligadas a extrema direita brasileira. Fica a pergunta: Por que essas pessoas se apressam para culpar as vítimas por crimes que sofreram? Por que a tentativa de naturalizar a ideia de que nada se tem para investigar? Ouque a vítima mereceu a violência que sofreu? Como pessoas …

Tiros na caravana de Lula

A caravana do ex-presidente Lula foi atacada a tiros no Paraná. Como sempre nas redes lixo sociais do Brasil, muita gente lamentou porque as balas não mataram Lula. Mas teve também o mais que explicativo silêncio de políticos da extrema direita, a extrema direita é quase um alter ego da própria esquerda quando se trata em negação objetiva do outro quando esse outro não é espelho ou robô do que ela pretende. O clima no país é de supremacia do ódio. Líderes da extrema direita inflamam seus militantes que robotizados são incapazes de qualquer avaliação do contexto político que não seja odiar, por outro lado a esquerda se perdeu em um discurso repetitivo e vitimista, tenta a todo custo transforma Lula em mártir, quando deveria avaliar com mais prudência o estado de ódio que o país parece encarcerado , estado que ela também contribuiu para criar. Incrível que militantes da extrema direita acreditem em líderes promíscuos, falastrões e falaciosos, ao que parece qualquer argumentação que ali…