Pular para o conteúdo principal

Postagens

Agressão ao senador Cristovam Buarque

O senador Cristovam Buarque foi hostilizado quando participava de um encontro na Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), no campus da (Universidade Federal de Minas Gerais) .Primeira coisa, o senador Cristovam Buarque já é um idoso, tem 73 anos, então vejam como essas pessoas estão tratando um idoso que precisa ser escoltado para não ser linchado. Segunda coisa, quem é golpista ou fascista? Impedir que alguém lance um livro é uma ação de quem defende o Estado democrático e de direito ?Não, não é , é sim uma macabra aula de falta de educação e covardia, e confirma os versos de Renato Russo: “ tudo aquilo contra o que sempre lutam É exatamente tudo aquilo o que eles são” Agem com ódio e impedem e tentam calar a voz de quem discorda deles porque estão tomados pelo ódio, não querem diálogo, porque dialogar é para quem aceita contradições. Nesta polarização ridícula e perigosa que infesta nosso país os dois lados são do ódio, se completam, aparentemente vestem roupas difer…
Postagens recentes

Meus encontros com Lula

O ex-presidente Lula vive seu ocaso, e não vive esse ocaso com grandeza, ele é incapaz de assumir um único erro, mesmo que seja ter estacionado em lugar indevido, mas Lula não é sozinho nesta incapacidade de assumir erros, não é só na política que se nega erros com verborragia contagiante, no nosso dia dia, nós mesmos também temos nossa incapacitante coragem de assumir erros, claro que se comparado aos erros de um ex-presidente ou senador nossos erros são pequenos, mas lembre-se todo câncer começar de maneira microscopia. Em 1998 quando Lula perdeu pela terceira vez uma eleição presidencial não se deprimiu, foi andar pelo país e no dia 16 de setembro de 1999 foi a Santo Amaro da Purificação na Bahia, era aniversário de D. Canô, depois que deixou a casa da aniversariante Lula foi até a pequenina sede do PT, a sede funcionava em uma garagem alugada perto do Bar de Tote, eu estava lá, Lula chegou, um conhecido meu chamado Joaquim, a época presidente do PT municipal, me apresentou a Lula…

Torne-se verbo

A palavra tem sido meu alimento tanto físico quanto espiritual. Divirto-me e trabalho com a palavra, por vocação me formei em Letras e sempre me perguntam: - quem é formado em Letras é o quê? Letrólago? Letrista? Literato? Sempre respondo que quem é formado em Letras tem uma missão nobilíssima: cuidar do maior patrimônio cultural de um povo, sua língua! Tudo começa com o verbo, até Deus no principio era o verbo. Não posso dizer que quem é formado em Letras é literato, estou longe disso, esse título talvez um dia me pertença, mas não é o caso neste instante, por tanto, quem é formado em Letras é licenciado em Letras. Ninguém nos é inferior culturalmente por escrever “preda” e não “pedra”, ser formado em Letras não faz de pessoa alguma xerife da língua, longe disso, nosso maior problema com o idioma não é a sintaxe, mas a semântica, as dores estão no sentido das coisas e o maior desafio nossa capacidade de dizê-las como realmente queremos dizê-las. Além do ABC temos nossa produção text…

Lula: filie-se ao PMDB

Temer gritou: “Nada vai nos destruir”. Mesmo com todas as provas que levaram o Ministério Público Federal a denunciar Temer, ele mantém-se no poder e sua maior força vem da ausência de protestos nas ruas e do apoio de entidades que patrocinaram as manifestações contra a presidente Dilma. Os milhões de pessoas que foram para ruas durante a crise do governo Dilma nos dizem algumas coisas: não estavam nas ruas pelo Brasil, não amam este país, não estavam nas ruas contra a corrupção, mas contra o PT. Se encontrarmos algumas dessas pessoas e perguntarmos por que não estão protestando contra Temer com a mesma virilidade que fizeram contra Dilma vão dizer que é por cansaço. Mentira, mentira e mentira. Havia sim uma repulsa a Dilma, tanto que o motivo que levou ao merecido afastamento dela da presidência se comparado com os motivos que levaram Temer a ser o primeiro presidente em pleno exercício do cargo a responder por crime de corrupção é deverás menor e menos grave. Indignação seletiva e de…

“Coming In From The Cold”

O disco  despedida de Bob Marley “Uprising” foi lançado em 1980 pouco antes da sua morte, doente e sabendo-se terminal Bob em seu último disco foi inspirado e inspirador. A música que abre “Uprising” é “Coming In From The Cold”, ou seja, “ Vindo do frio” é um hino à vida, doce e bela vida, a alegria de estarmos vivos. Ao dizer que nesta vida mesmo que estejamos vindo do frio Bob questiona: “It's you I'm talking to now/ Why do you look so sad and forsaken?” em tradução livre “ É com você que estou falando agora/ porque está tão triste e entediado?” e arremata “When one door is closed/ Don't you know another is open?”, “ Quando uma porta se fecha você sabe que outra se abre?”. O desespero de oportunidades perdidas, desemprego, dos estragos financeiros, dos punhais cravados nas costas por “amigos” outrora frequentadores das nossas almas e vidas, da falta de crença em si e na tristeza de se sentir só pode levar-nos a loucura. A primeira vez que ouvi “Uprising” foi em uma casa…

Punição social

Prisão não resolve muita coisa e não basta. Muitos empresários foram presos ou denunciados por corrupção, alguns pagaram ou vão pagar multas, outros fizeram delação premiada e tiveram penas abrandadas, mas isso não diminuir o estrago causado não só por eles como seus comparsas políticos, por isso penso que tanto empresários e políticos que cometem crimes de corrupção e desvios de verbas deveriam além das penas possíveis serem obrigados a construírem, em curto espaço de tempo, creches, escolas e centros para tratamento odontológicos e dependentes químicos, o que cada um ou suas empresas construiriam deveria ser estabelecido por um juiz e de acordo ao roubo praticado por eles, deveriam também ser obrigados a trabalharem nas obras. Além da construção eles deveriam manter os custos de manutenção por uns vinte anos, depois estados e municípios assumiriam os custos. Em 2013, dados do IBGE apontam que apenas 27% das nossas crianças tinham acesso a creches e essas dados não mudaram, 11% da p…

Dias dos namorados e etc

Há quem só lembre que tem uma mãe no dia das mães. Pais? Esses mesmo com um dia no calendário não é uma data festejada com entusiasmo pelo comércio. Há os namorados e suas fotos açucaradas em redes sócias, esses apaixonados de esquina virtuais são capazes de terminar e começar um novo “amor” se um dos pares esquecer que no dia dos namorados cartão de crédito é para ser usado sem limites, mesmo que o amor não seja lá tão sem limites, os enamorados querem um amor para si e para expor em redes sociais, afinal, vai-se longe o tempo que existia “vida íntima” é preciso compartilhar da ejaculação ao parto nas redes sociais, o amor é uma novela das nove. Fico pensando sobre os mortos, os mortos mesmo, os enterrados nos cemitérios, dia 2 de novembro é o dia dos mortos. O que diria os mortos esquecidos, os que no dia de seus enterros aturaram chiliques, gritos desesperados e conversas enfadonhas como: “ele agora vive com Deus no céu”, “ foi uma pessoa sem defeito”, “ quase uma santa” e agora e…