Pular para o conteúdo principal

O vermelho da vergonha



Todo mundo sabe que sou militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Santo Amaro-BA, todo mundo também sabe que a cor dos Comunistas é vermelha. O vermelho Comunista é de paixão pela vida, pelas causas sociais, por uma humanidade fraterna, para o bem coletivo acima do individual.
Em Santo Amaro desde janeiro de 2009 o prefeito eleito tem pintado escolas, prédios públicos, praças, jardins, pontes, monumentos e carros da prefeitura de vermelho. Ao contrário do vermelho Comunista o vermelho da prefeitura e do prefeito é o vermelho da vergonha, da humilhação de um povo, da morte lenta de uma cultura importantíssima.
Pintam-se as escolas, mas humilham-se os professores, em especial os contratados, que não estão recebendo em dias seus vencimentos, pinta-se de vermelho um hospital particular enquanto a Santa Casa, que é um hospital filantrópico, padece e morrer.
Todas às vezes que saio às ruas e vejo a cor vermelha da prefeitura penso em al Capone e na Coosanostra. Tenho medo dessa gente estranha que não fala a língua do povo daqui, dessa gente que não tem em si sentimento algum. Não há humanidade em quem chora em público e depois se tranca no banheiro para se deliciar com coca-cola.
Gente cretina que utiliza de difamação, calunia, perseguições para vencer adversários, gente que não sabe o sentido da vida, pois também não vivem, são como vermes sugadores do sangue do povo.
Por outro lado há os que riem com tudo isso. São os servidores efetivos que não sentem a dor dos seus colegas contratados, (são os próprios contratados que não se rebelam) são os que se dizem contra a tudo isso mas esperam ansiosos o convite para a grande festa do crime organizado, são alguns famigerados vereadores liderados por um presidente inexpressivo que riem e brincam com a vida de tanta gente. Enquanto morremos, ficamos sem empregos, enquanto somos vitimas de todo tipo de violência eles em uma fazenda em Itapema se divertem passeando de Jet esqui e na balada do whisky podre e maldito por ser comprado com o suor dolorido e honesto do nosso povo.
Não posso pedir a Deus que nos salve, pois essa gente vive em procissão, vão à missa aos domingos, em terreiros de candomblé, em centros espíritas... Bem faz eu que sinto minha dor humana sozinho. Espero que exista o inferno cristão que eles tanto dizem temer, espero que vivam penando pela eternidade no lago de fogo e enxofre.
Digo a você meu irmão, minha irmã que assim como eu não tem plano de saúde, que assim como eu estudou em escola pública, que assim como eu depende da policia para ter segurança, que assim como eu está ou tem alguém na família sem emprego ou doente... Não se deixe abater e nem se deixe cativar pelas raposas que de nós só querem o passaporte para os seus sonhos mais promíscuos.
Vermelho, cor linda, cor da vida sendo maculada por homens e mulheres articulados com o mal, com a dor, com o sadismo de nossa gente penando. Não sejam covardes, revelem-se, retirem às mascaras, saiam das sombras, não se escondam atrás dos seus soldados tão vazios quantos vocês.
Na vida, na força, na calma, na raiva, na beleza... Santo Amaro da Purificação um dia vai vencer... Um dia vai ser uma cidade feliz... Sem o vermelho da vergonha, mas com o vermelho da paixão pela vida.
ediney-santana@bol.com.br
http://edineysantana.zip.net
A obra que ilustra esse artigo de Picasso, titulo: Mural de Guernica

Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

Livros. Bendita seja minha mãe que aos livros me apresentou, benditos livros que não me tornaram parte do lado doce da vida, mas também não me deixaram afundar no lodo existencial.  Bendita sejam todos letrados ou iletrados, benditos sejam os olhos "cegos" do meu pai que foram os guias dos meus passos, bendita seja cada letra do alfabeto, cada virgula, ponto, travessão, exclamação, dois pontos para me levarem ao mundo sem dor. Benditos sejam os anjos das vogais, os doutos das consoantes, Bendita seja minha professora Norma e sua doce alegria que na minha adolescência me mostrou a poesia da gramática, bendito seja meu professor Anchieta Nery  que me disse:  -Você é poeta. Bendita seja a noite, a sempre noite das minhas insônias, as tristezas amigas, o espelho que não me reflete, bendita seja a fé que não tenho,  esteja comigo para que na hora da minha morte eu não sofra o que já sofri pelas horas da vida. Benditos sejam os amores,  paixões,  verdades,incertezas da vida, gran…

A onda da mediocridade

Não acredite nesta história de "onda azul ou vermelha". Frases como essas foram criadas por empresas de propagandas, elas querem convencer você a votar da mesma maneira que nos induzem a comprar tal marca de cigarros ou cervejas. Essas empresas de publicidade não estão preocupadas com sua cidade ou sua felicidade, querem que você descida pela emoção, enquanto você ataca com sua emoção quem defende a "onda azul" ou quem defende a "onda vermelha", criando um clima de justiçamento político não enxerga o óbvio: as mentiras que são contadas, inventadas para que você se sinta bem estando de um lado ou outro, para que você tenha orgasmos políticos, como se realmente fizesse parte da mudança prometida, mas você é só uma ponte para que um grupo ou outro chegar ao poder. A “onda azul" e a " onda vermelha" são motivadas não por um sincero sentimento de esperança, realização ou sentimento cidadão, são motivadas pelo desejo de poder, é só o que aliment…

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys

O que Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys têm em comum? Todos são ex-empregados da Rede Globo. O Buarque e o Wyllys se dizem de esquerda, Veloso é...é... Olha quem sabe, porém quem nemnem. Pois bem. Há quem acredite que "gênios" se fazem sozinhos, que eles têm o poder mágico do talento e só isso basta para que tenham reconhecimento e sucesso. Não é. Sem o poder da Rede Globo nunca essas pessoas teriam o alcance que tiveram e duas delas levantariam dúvidas sobre a suposta genialidade atribuída a ambos. Dez entre dez pessoas “super inteligentes” “cabeças”, “imunes a manipulação da mídia golpista” têm no trio citado aqui algo que chamo de esquerdismo cristão. Conheço até pessoas que recusaram participação em programas da Rede Globo, acreditando assim estarem contribuindo, como bem cantou Raul Seixas, “para ao nosso belo quadro social”, mas rezam na cartilha de crias da própria Globo. Jean Wyllys é um pouco mais velho que eu, mas somos da mesma geração, militei anos n…