Chamada a cobrar

Quando meu celular tem créditos sempre aceito chamadas a cobrar de “amigos” e “colegas”, mas notei algo recentemente, precisei falar urgente com três pessoas, como naquele momento estava sem créditos liguei a cobrar: “telefone programado para não receber chamadas a cobrar.”
Fiz a mesma experiência, só que desta vez em um bar, sempre sou generoso quando depois de umas e outras em companhia de algumas pessoas vamos dividir a conta da noitada. Um sábado desses sair sem um centavo no bolso, rodei por vários bares, conversei com muitas pessoas e quando era convidado a sentar, agradecia e dizia que estava sem grana. Resultado? Voltei para casa de bico seco.
Em um maravilhoso livro bíblico podemos ler à fantástica história de Jó, homem reto, rico, amigo e temente a Deus. Jó perdeu tudo que tinha quando o Diabo provocou em Deus um pecado capital: a vaidade. O Diabo convenceu Deus a deixá-lo tomar tudo que Jó tinha, argumentando que Jó só era fiel porque era rico e que sua fé não sobreviveria à pobreza e nem o abandono de Deus. Deus assim deixou que o Diabo tomasse tudo de Jó. A partir daquele momento o nosso personagem bíblico amargou uma derrota após outra.
Em dois momentos espetaculares dessa história, Jó no primeiro dá um prova de amizade e gratidão a Deus, quando sua mulher pede a ele que amaldiçoe Deus e morra em paz, Jó responde a sua mulher que ela é doida e não nega a fé em Deus, o outro momento quando Jó está bastante doente, leproso sentado sobre cinzas é visitado por seus amigos que se sentam junto a ele e compartilham suas dores, nesse momento é Jó que recebe prova inegável de amizade.
Se você é do tipo que é amigo na dor e na alegria, parabéns, se você tem amigos como os de Jó tenha certeza você é um homem ou uma mulher de muita sorte. Imagine se assim como Jó sermos tocados pela Lepra ( hoje hanseníase) ou pelo HIV? Não sou pessimista, mas tenho certeza: quando uma tragédia dessas se abate sobre alguém mesmo com crédito no celular ou dinheiro para pagar contas em bares dificilmente alguém vá querer nossa companhia.
Estou sendo radical? Creio que não. O AAA, os Narcóticos anônimos, enfim os grupos de mútua ajuda surgiram justamente porque muitas pessoas viviam isoladas pelos problemas os quais cada uma vivenciava e só conseguiram ajuda quando se uniram para trocar experiências.
Não deixe que um Deus vaidoso ou um Diabo cheio de artimanhas não permita que você atenda um telefone de um amigo, sendo a cobrar ou não. Depois de anos sofrendo, conta a Bíblia que Jó se tornou o homem mais rico do seu tempo e viveu muitos anos em paz com os seus.
http://edineysantana.zip.net
ediney-santana@bol.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

A onda da mediocridade

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys