Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 8, 2009

Em nosso mundinho há estrelas cometas

Nascemos em uma pequena cidade da Chapada Diamantina, Mundo Novo, na Bahia. Como meus bisavôs, avós e avôs, tios e tias e muitos primos e primas, minha mãe era analfabeta. Meu pai também não sabia ler nem escrever, mas por um gesto de solidariedade seu e de minha mãe conseguiu em 1976 um emprego na Rede Ferroviária. Antes meu pai trabalhava na lavoura, no campo.
Com o emprego saímos de Mundo Novo para Santo Amaro no Recôncavo baiano. Meu pai, minha mãe é eu.
Cidade distante da nossa, sem um conhecido se quer. O que aliviava a solidão era o fato de muitos colegas do sertão que trabalhavam na ferrovia também foram transferidos para Santo Amaro quando a linha da “grota”, como era chamado o setor norte da ferrovia no sertão, foi fechada.
Meu pai morreu aos 42 anos de diabetes, eu tinha 16 anos e mais dois irmãos menores.
Antes disso eu, meu pai e minha mãe tínhamos uma barraquinha na qual vendíamos cigarros, geladinho e cocadas.
Meu pai era doce e gentil comigo, mas descuidava da formação form…