Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 1, 2009

“Todo enfiado”

Há muito a Bahia deixou de ser a terra de todos os santos para ser a terra de todas as mediocridades. O lixo cultural e político tomaram conta da terra do Velho Jorge Amado, a mediocridade é à base da intelligentsia baiana de hoje. Com o argumento de que gosto cada um tem o seu, rádios, imprensa, TVs e espaços públicos são tomados por todo um submundo artístico não raro patrocinado pelo poder público o qual nada mais é que o espelho dessa gangrena social. Grupos de “artistas” são criados do dia para noite que além da missão de ganhar dinheiro para seus donos, servem também para massificar a cultura do nada, o vazio – social. A musicalidade da Bahia de hoje, se é que existe essa musicalidade, nada mais é que a sonoridade do flagelo social reinante em cada esquina da capital baiana disfarçado da “expressão” cultural de um povo.
No teatro sempre as mesmas comédias baratas e repetitivas, como se a única coisa a qual um público que vai assistir a um espetáculo sabe fazer é ri, ri, ri de se …