Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 19, 2009

Divagações depois de um eletrocardiograma

Se pudesse fotografaria o silêncio, cultivaria flores na lua, abriria meu coração aos amares impossíveis.
Seu pudesse espalharia por todas as ruas da minha cidade milhões de bolinhas coloridas de sabão, pularia dentre de uma banheira cheia de pedrinhas de gelo, diria ao meu coração “não doa tanto não”.
Estava me sentindo cansado e meu corpo não queria mais me obedecer, então pensei: se pudesse voltaria ao útero da minha jovem mãe ou escolheria depois da minha morte renascer verde campo entre os lírios da minha aldeia.
Se pudesse hoje à noite ninguém morreria de frio nas ruas, ninguém viveria pelas esquinas na indelicada indiferença dos olhares, ninguém sentiria fome.
Se pudesse encheria minha casa com amigas pessoas, dançaria na chuva com Fred Astaire, participaria de um episodio do genial Caverna do Dragão.
Se pudesse iria à idade das cavernas e brincaria com Caca e seus amigos pelo bosque dos vulcões.
Se pudesse iria a Praga e me encontraria com Ferdinand de Saussure, visitaria todos os p…