Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 4, 2009

“Quando eu te vejo paro logo em teu olhar”

Morreu no dia 31 de outubro desse ano, Neguinho do Samba, um dos fundadores do Olodum e também de um gênero musical que na minha infância me fascinava, o Samba Reggae.
Quando criança era tamanha minha fascinação pelo ritmo criado por Neguinho do Samba que cheguei a tocar em dois blocos afros em Santo Amaro-Ba, um era o Força Negra, só para crianças, o outro o Ogundelê que anos mais tarde daria origem a banda de reggae Dissidência.
Quando o Olodum lançou seu primeiro disco meu pai me deu um de presente. No Buraco da Jia, rua a qual passei parte da minha infância, foi uma festa, o disco não parava lá em casa todo mundo queria emprestado. Por trás da musicalidade simples do Olodum estava à genial sensibilidade de Neguinho do Samba.
Neguinho há anos deixou o Olodum e criou a banda feminina Didá que ao exemplo do Olodum não é só um grupo musical é também um projeto social importante.
Lá no Buraco da jia era tudo pobre demais, não tínhamos ruas calçadas, esgoto, água encanada, embora a rua tive…