Postagens

Mostrando postagens de Abril 17, 2010

Decadência

Imagem
Peguei emprestado com meu amigo Dado Pedreira um livro do poeta Raul de Leoni, falecido em 1926 quando tinha apenas 31 de idade em Itaipava-RJ.
Luz Mediterrânea é na verdade uma coletânea com a minúscula obra do poeta, infelizmente Raul de Leoni viveu muito pouco e não sei em quais condições foram os seus curtos anos de vida, mas uma poesia dele me chamou muita atenção dentre tantas outras de extrema beleza e valor literário, é um soneto chamado “Decadência” o qual aqui transcrevo:
“Afinal, é o costume de viver/ que nos faz ir vivendo para frente/ Nenhuma outra intenção, mas, simplesmente/ o hábito melancólico de ser.../
Vai-se vivendo... É o vício de viver.../ E se esse vício dá qualquer prazer à gente/ Como todo prazer vicioso é triste e doente/ Porque o Vício é a doença do Prazer.../
Vai-se vivendo... Vive-se demais,/ E um dia chega em que tudo que somos/ é apenas a saudade que do fomos.../
Vai-se vivendo... E muitas vezes nem sentimos /que somos sombras, que já não somos mais nada do q…