Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2010

A palavra, escrita e leitura

Imagem
O escritor Jorge de Souza Araújo* em seu livro “Letra, leitor, leituras: reflexões” traça um roteiro no qual a palavra deságua carregada de vivencias alheias ao leitor, mas que desperta nesse leitor inúmeras emoções e por fim o convida a reflexões sobre a própria palavra, o ato de ler , suas divagações e buscas pela leitura não só de uma obra mas também de si.
Há algumas passagens memoráveis na obra de Araújo como: “Ler é evitar que a alma enfarte” “ Os que não gostam de ler/ desgostam de si e do mundo” “ O espírito lúdico despertado pelo ato leitor fecunda em nós a construção saborosa de saberes e desejos” O tempo de ler livros é qualquer tempo e não um tempo qualquer” “ O texto traduz o leitor como intérprete e aprendiz de seu estar no mundo” “Ler é também liberar o outro em nós” “Meus textos alheios mesmo os mais lunáticos, ou demiúrgicos, me auxiliam a libertar-me da asfixia”.
A prosa de Jorge de Souza Araújo é deliciosa, nos convida a sentirmos os sabores das leituras e nos entrega…