Pular para o conteúdo principal

Por onde anda teu coração?

Por onde anda teu coração? Seja lá por onde ele andar cuidado! Conviver consigo mesmo já não é muito seguro quanto mais estar em outra emoção de pessoa ou causa que não tua felicidade pessoal.
Com o mito Grego sobre o amor aprendemos que Eros (Cúpido para os romanos), filho de Afrodite (Vênus) e Ares (Marte), se apaixonara por Psique (Alma), Afrodite sente inveja da beleza de Psique e a afasta do filho, para piorar Afrodite deixa em companhia de Psique a Tristeza e Inquietude. Eros implora a Zeus que traga Psique novamente para sua companhia, Zeus o atende, então Psique e Eros se encontram novamente e vivem felizes mais ou menos para sempre.
Quem é sua Psique ou seu Eros? Entre vocês há uma Afrodite invejosa? Quando nosso coração bate feliz (como escreveu Braguinha), pode encontrar indesejadas parceiras como a Tristeza e Inquietude, parceiras a nos ter reféns por causa de uma Afrodite desassossegada consigo mesma.
Tudo isso não só pode acontecer entre um relacionamento amoroso homem mulher ou mulher mulher, homem homem, mas também em vários lances das nossas vidas, estamos quase sempre cercados pelos ásperos corações do mundo, nossa luta é não nos tornamos ásperos corações como também guardar em nós a porção Psique e Eros que cada um traz consigo, saber o quanto de Afrodite o mundo impõe a nós e que o “sorriso da sociedade” está quase sempre nos lábios de Afrodite poucas vezes no de Eros ou Psique.
Outro mito grego fala que o Amor teve os olhos furados por sua Irmã Loucura, então Zeus puniu Loucura fazendo dela guia do Amor por toda eternidade, ficando assim o Amor além de cego guiado pela Loucura.
Grandes atos de amor quase sempre vêm juntos com atos de desprendimento. Alguém que acaba de formar-se em medicina, abre mão de uma super clínica oferecida pela mãe, médica renomada, e vai rumo ao interior da Amazônia cuidar da população ribeirinha, um Milton Nascimento que bem poderia ter entrado sozinho para história como maior nome da canção mineira, mas fez um Clube da Esquina e nos apresentou vários outros grandes nomes.
Quantas história de amor sabemos e pensamos ser atos de loucura? Atos de amor estão cada vez mais raros, atos como de um professor que outro dia na vi TV, abriu uma Ong para combater o analfabetismo, história que me inspirou a fazer o mesmo e um dia vou fazer.
Certa vez às quatro da manhã na Barroquinha (Centro Histórico de Salvador) estava eu e um amigo, de longe avistamos um aglomerado de pessoas, pensamos ser briga, ao chegarmos perto era um grupo jovem de uma igreja evangélica distribuindo lençóis e comida para moradores de rua, pensei comigo: “nós lá no Pelourinho bebendo todas e esses caras aqui com mesma idade nossa fazendo caridade”. Amor, “é amor que faz eu pensar você e esquecer de mim.”
http://edineysantana.zip.net/
ediney-santana@bol.com.br
Ps- Escrito ao som de “É o amor” na voz de Zé de Camargo e Luciano.





Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

Livros. Bendita seja minha mãe que aos livros me apresentou, benditos livros que não me tornaram parte do lado doce da vida, mas também não me deixaram afundar no lodo existencial.  Bendita sejam todos letrados ou iletrados, benditos sejam os olhos "cegos" do meu pai que foram os guias dos meus passos, bendita seja cada letra do alfabeto, cada virgula, ponto, travessão, exclamação, dois pontos para me levarem ao mundo sem dor. Benditos sejam os anjos das vogais, os doutos das consoantes, Bendita seja minha professora Norma e sua doce alegria que na minha adolescência me mostrou a poesia da gramática, bendito seja meu professor Anchieta Nery  que me disse:  -Você é poeta. Bendita seja a noite, a sempre noite das minhas insônias, as tristezas amigas, o espelho que não me reflete, bendita seja a fé que não tenho,  esteja comigo para que na hora da minha morte eu não sofra o que já sofri pelas horas da vida. Benditos sejam os amores,  paixões,  verdades,incertezas da vida, gran…

A onda da mediocridade

Não acredite nesta história de "onda azul ou vermelha". Frases como essas foram criadas por empresas de propagandas, elas querem convencer você a votar da mesma maneira que nos induzem a comprar tal marca de cigarros ou cervejas. Essas empresas de publicidade não estão preocupadas com sua cidade ou sua felicidade, querem que você descida pela emoção, enquanto você ataca com sua emoção quem defende a "onda azul" ou quem defende a "onda vermelha", criando um clima de justiçamento político não enxerga o óbvio: as mentiras que são contadas, inventadas para que você se sinta bem estando de um lado ou outro, para que você tenha orgasmos políticos, como se realmente fizesse parte da mudança prometida, mas você é só uma ponte para que um grupo ou outro chegar ao poder. A “onda azul" e a " onda vermelha" são motivadas não por um sincero sentimento de esperança, realização ou sentimento cidadão, são motivadas pelo desejo de poder, é só o que aliment…

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys

O que Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys têm em comum? Todos são ex-empregados da Rede Globo. O Buarque e o Wyllys se dizem de esquerda, Veloso é...é... Olha quem sabe, porém quem nemnem. Pois bem. Há quem acredite que "gênios" se fazem sozinhos, que eles têm o poder mágico do talento e só isso basta para que tenham reconhecimento e sucesso. Não é. Sem o poder da Rede Globo nunca essas pessoas teriam o alcance que tiveram e duas delas levantariam dúvidas sobre a suposta genialidade atribuída a ambos. Dez entre dez pessoas “super inteligentes” “cabeças”, “imunes a manipulação da mídia golpista” têm no trio citado aqui algo que chamo de esquerdismo cristão. Conheço até pessoas que recusaram participação em programas da Rede Globo, acreditando assim estarem contribuindo, como bem cantou Raul Seixas, “para ao nosso belo quadro social”, mas rezam na cartilha de crias da própria Globo. Jean Wyllys é um pouco mais velho que eu, mas somos da mesma geração, militei anos n…