Pular para o conteúdo principal

Encontro com Ana Cristina Cesar

Minhas flores são virtuais, não há canteiros ao pôr do sol metalizado desses meus dias irreais. Tanto amor e nenhuma possível paixão. Estou só e decadente, marginalmente decadente, no desespero das horas naufrago em minhas nuvens.
Há pedaços de ideologia, medo, sensações perdidas e uma velha bandeira repleta de história nascidas para o aborto.
Meu cardápio de equívocos é servido a molho frio. Há o frio e corações amargos ao amanhecer do ri que é só dor em lençóis de circo. Amo o que não existe, idealizo minhas dores, vivo amores distantes enquanto vou envelhecendo ao sabor do tempo. A morte não existe, a morte não encerra nada, ela é e pronto.
Vou ao cemitério, não ao cemitério de tudo que é morto, o cemitério que vou está guardado nas minhas vagas paisagens ciganas.
Ando sobre cacos de vidro, fumo nuvens ácidas e beijo orixás bêbados. Em minha companhia tudo que invisível floresce.
Sujo pelo meu próprio gozo arame farpado me delicio no ócio de não ter para além de mim prazer.
Há uma 2ª guerra mundial em minha medula, tudo é árido, as tropas inimigas avançam, meu sangue bate em retirada, o olho esquerdo se rende, fico sentado à beira do caminho que leva a lugar algum.
Momento auto-ajuda: que o dia seja lindo, Deus esta contigo. Só o amor constrói, quem não abre o coração ao amor não pode ser feliz, amar é o mais importante, o universo inteiro conspira ao teu favor.
Sim, da para ganhar na Mega Sena 60 vezes acumulada? É melhor ser deprimido rico que fodido.
Minha mãe traz chá? Estou com febre! Tenho medo do dia a nascer, pode trazer dores...  Fragilizo-me na luta contra coisas invisíveis.
Preciso de emprego, me sinto inútil e quando se fica inútil a morte parece sorri de nós ou para nós.
Carta ao amor que vai chegar: quero alguém prá namora, alguém que me ligue na madrugada e diga: sou teu cantinho no mundo e trouxe os opostos em harmonia para alegrar você. Quero alguém que fique comigo quando for meu silêncio me abrace e diga: sou tua fortaleza, eu te amo.
De volta para casa, trago mel, em silêncio ofereço a minha deusa encantada, mel e flores do meu coração jardim, peço paz para mim e alegria sincera para os meus, o altar é florido, calmo... Estou em paz, é inverno na Bahia, tudo me leva ao meu amor invisível e delicado como dores infiéis.







Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

Livros. Bendita seja minha mãe que aos livros me apresentou, benditos livros que não me tornaram parte do lado doce da vida, mas também não me deixaram afundar no lodo existencial.  Bendita sejam todos letrados ou iletrados, benditos sejam os olhos "cegos" do meu pai que foram os guias dos meus passos, bendita seja cada letra do alfabeto, cada virgula, ponto, travessão, exclamação, dois pontos para me levarem ao mundo sem dor. Benditos sejam os anjos das vogais, os doutos das consoantes, Bendita seja minha professora Norma e sua doce alegria que na minha adolescência me mostrou a poesia da gramática, bendito seja meu professor Anchieta Nery  que me disse:  -Você é poeta. Bendita seja a noite, a sempre noite das minhas insônias, as tristezas amigas, o espelho que não me reflete, bendita seja a fé que não tenho,  esteja comigo para que na hora da minha morte eu não sofra o que já sofri pelas horas da vida. Benditos sejam os amores,  paixões,  verdades,incertezas da vida, gran…

A onda da mediocridade

Não acredite nesta história de "onda azul ou vermelha". Frases como essas foram criadas por empresas de propagandas, elas querem convencer você a votar da mesma maneira que nos induzem a comprar tal marca de cigarros ou cervejas. Essas empresas de publicidade não estão preocupadas com sua cidade ou sua felicidade, querem que você descida pela emoção, enquanto você ataca com sua emoção quem defende a "onda azul" ou quem defende a "onda vermelha", criando um clima de justiçamento político não enxerga o óbvio: as mentiras que são contadas, inventadas para que você se sinta bem estando de um lado ou outro, para que você tenha orgasmos políticos, como se realmente fizesse parte da mudança prometida, mas você é só uma ponte para que um grupo ou outro chegar ao poder. A “onda azul" e a " onda vermelha" são motivadas não por um sincero sentimento de esperança, realização ou sentimento cidadão, são motivadas pelo desejo de poder, é só o que aliment…

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys

O que Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys têm em comum? Todos são ex-empregados da Rede Globo. O Buarque e o Wyllys se dizem de esquerda, Veloso é...é... Olha quem sabe, porém quem nemnem. Pois bem. Há quem acredite que "gênios" se fazem sozinhos, que eles têm o poder mágico do talento e só isso basta para que tenham reconhecimento e sucesso. Não é. Sem o poder da Rede Globo nunca essas pessoas teriam o alcance que tiveram e duas delas levantariam dúvidas sobre a suposta genialidade atribuída a ambos. Dez entre dez pessoas “super inteligentes” “cabeças”, “imunes a manipulação da mídia golpista” têm no trio citado aqui algo que chamo de esquerdismo cristão. Conheço até pessoas que recusaram participação em programas da Rede Globo, acreditando assim estarem contribuindo, como bem cantou Raul Seixas, “para ao nosso belo quadro social”, mas rezam na cartilha de crias da própria Globo. Jean Wyllys é um pouco mais velho que eu, mas somos da mesma geração, militei anos n…