Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 19, 2011

Um dia com você mesmo

Quanto do seu tempo é dedicado a você mesmo? Quase sempre estamos a abraçar ou defender bandeiras que não são nossas e o nosso tempo segue a revelia das nossas inquietações que talvez não sejam tão nossas assim. Quem cuida das nossas feridas? Das nossas causas pessoais?  Quantas vezes nos maquiamos para alegria alheia fazer? E quantas vezes não passamos de palhaços tristes no picadeiro da solidão? Durante uma semana quanto vivemos para nós? Pouco ou nenhum tempo nos dedicamos, essa é uma triste e ácida verdade. Não sejamos tolos, devemos sim fazer o bem, sobretudo a nós mesmos, faça o bem olhando a quem, nem tudo que é humano merece respeito. Viver dias pessoais, abraçar com carinho a própria vida é uma reação possível aos delinquentes narcisismos que só querem sugar nossa energia. Vivo dias de amor por mim mesmo, o bem por mim me interessa mais que o bem para humanidade. Olhe ao seu redor quanto de você é respeitado pelo tempo que você é e não pelo tempo que você representa? Uma vida tão…