Postagens

Mostrando postagens de Novembro 4, 2011

Será mesmo o amor?

Imagem
Há uma canção cantada pela dupla goianiense Leandro e Leonardo que diz: “Não aprendi dizer adeus/mas tenho que aceitar que amores vão e vem/ são aves de verão”. Acontece que nossas emoções não são estabelecidas por decretos, a metáfora do amor como “aves de verão” pode funcionar para muitos, mas há outras tantas aves encantas por sentimentos incertos, cantam repetitivos versos independentemente da sinfonia em que talvez sem perceber execute um opus para corações surdos.  “Não aprendi dizer adeus”, são doloridos versos para muitos corações desejos de partir para viverem outras tantas possíveis emoções. Não acredito que duas pessoas se gostem na mesma intensidade, tão pouco deixem de se gostar em sincronia de sentimentos. Há o gostar, todos nós sabemos, que por vezes acaba for transformar-se em dependência, quem depende emocionalmente de outro não sabe dizer adeus, tende a ser prisioneiro e prisão. Dizer adeus por outro lado não é esquecer, negar uma história vivida a dois, mas saber que p…