Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 22, 2012

Essência


Acreditar em um mundo assentado em dois pólos: o bem e o mal ou par e impa não tem sentido, o mundo não é tão somente assim, entre o bem e o mal ou o par e impa há espaços que podem ser preenchidos com tantas outras razões que vão além do bem ou mal e do estreito núcleo racional par e impa. O ideal é o que nos faz feliz, e não existem modelos para isso, cada um há seu tempo tem seu ideal de felicidade. Saber qual o próprio tempo de felicidade é uma maneira de se aproximar de uma convivência possível e pacífica consigo e por consequência saber lidar com um mundo que vivemos e nem sempre escolhemos para nossa parceria, mas que não podemos simplesmente negá-lo. Como na canção de Violeta Parra às vezes é preciso cantar graças à vida. Saber e ter consciência que a vida acontece mesmo quando estamos ausentes dela, suas lutas políticas nos convidam a guerra diária pela vibração de estarmos aqui. Racionalismos nem sempre vão nos segurar as mãos quando estivermos nus diante nossa própria …