Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 21, 2012

Mergulhar

Mergulhar nas coisas e nos seres, deitar entre saudades e amanhecer leve, pronto para fazer de cada momento do dia um grande e único dia. Ser o bem que em nós nasce, mas não pode e não deve morrer. Nunca ter com o mal nenhum tipo de verdade, o mal não pode nos levar o bem.
Aznavour girando na Gradiente, os ossos de minha mãe envelhecendo, Deus dorme na velha bíblia empoeirada e como Cristo vou renascendo, todos os dias são meus domingos, o que é sincero não pode ser vencido pela morte. Alguém me escreve, pede conselhos, eu não tenho nada para minhas emoções e o que posso fazer pelas carências alheias? Ira para Purificação ri das coisas repetidas e esperar que um anjo me segure nas mãos e diga: eu amo você. Anjos não existem neste submundo emocional em que vivo. Estou lendo Cinema enquanto vinho se vai, é tarde calma de inverno no recôncavo, queria ir a Cachoeira, ser feliz, escreve um livro com emoções envelhecidas, reencontrar meus mortos, saudade do meu pai. Tristezas? Não, alegria …