Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 17, 2013

“Amores difusos”

“Amores difusos” é o nome de um artigo publicado pelo jornalista IvanMartins na revista Época* que chegou até mim por Indicação da Renata (parceira de leituras). O Texto traz reflexões interessantes de como nos comportamos ao nos relacionarmos afetivamente com pessoas que cotidianamente fazem parte das nossas vidas, mesmo que não sejam necessariamente da nossa convivência “concreta”, mas que de alguma maneira tem presença cativa (cativa de cativante e não cativeiro) nas nossas emoções. Em determinado momento do texto o Ivan escreve: “um sentimento de atração que, mesmo não consumado, faz da vida um lugar melhor para os envolvidos.” Sentimento mesmo não consumado que nos faz a vida melhor? É isso a base do amor difuso, o amor que não precisa ser necessariamente cama, mesa e banho para ser amor, a vida melhor que aí se diz é o carinho e luz que as tais pessoas envolvidas lançam umas sobre as outras. O amor difuso seria o que só se permite ao bem, digo isso porque há amores tiranos que su…