Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 1, 2013

Pontes que não levam a lugar algum

Nestes dias tão sem exatas paixões, se é que paixões podem ser exatas, talvez nada seja tão complicado quanto construir pontes. Não nascemos para o autoexílio ou fazer das nossas verdades cárceres de prepotência e ilusão. A vida se completa ou deveria se completar quando atravessamos nossas pontes interiores , chegamos do outro lado e encontramos pessoas que também conseguiram atravessar suas pontes. Deixar nossos cárceres emocionais requer coragem, porque sair de nós e nos permitirmos em amor por alguém ou uma causa é também saber que a ponte atravessada para isso pode nos levar a uma muralha na qual mais que nossas caras quebraremos nossas esperanças mais sinceras. Quando nossas pontes nos levam direto para muralhas de desencanto resta-nos saber o quanto nossa fênix interior tem ainda capacidade de reação, se ela vai conseguir se reergue das cinzas e voltar a atravessar pontes ou vai direto fazer ninho em um coração ilha , sem capacidade afetiva de amar e se permitir ser amado novamen…