Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 17, 2013

Paula e Bebeto nº 2*

Vida que alegria havia entre os dois que se foram por outros assuntos, toda maneira de se despedir é sempre um convite à dor, mas todo amor vale à pena, seja na Bahia ou Paris, tudo que se faz com alegria vale à pena, é vida que segue, qual  palavra maldita foi dita?  Qual nunca foi dita? Viva vida, viva o tempo do amor o tempo que durou é todo tempo de amor... Será? Eles estavam sempre juntos, todo amor que vale à pena, mesmo amor que se sente sozinho vale a dor da pena, na minha saudade estarão sempre juntos. Ele se perdeu na Avenida Paulista e nunca mais foi visto aqui nos olhos dela que já amaram tantos caminhos, ele tão simples que só o amor lhe valia a pena. Que pena, o amor valia à pena de sempre estarem juntos, de qualquer maneira todo encontro também é o começo da despedida, ele é calmo, ela se perdeu e nunca mais foi vista, todos morreram a morte do silêncio, que vida linda, que vida linda do amor de estarmos sempre juntos. Eles se amaram quase a vida inteira, toda vida inteir…