Nova Deli Com Amor e Sol

Queria ir no verão para Nova York, quem sabe Nova Deli, pelo caminho ouvir Ani DiFranco, passar pela Paraíba encontrar amigos que nunca apertei a mão, mas estão la. No verão quero ir para qualquer lugar no qual nem a felicidade, tão pouco a tristeza sejam condenadas, beber cervejas, ler poesias, no verão quero abraça toda razão pela vida que sou, no verão quero olhar nos olhos do meu amor e ter a certeza que ainda estou lá.
No verão quero plantar rosas e cheirar o perfume quente de um corpo sobre o meu, ser devorado sem medo, devorar sem medo o sabor gostoso de outra pessoa na urgência de me ter.
Deita na cama, quero tirar tua roupa, banhar você com minha saliva quente, banhar teu sorriso com o quente que sai do meu corpo, prender teu corpo no duro de mim, rasgar tua maciez com minha fome selvagem da tua carne.
Deita na cama, abre tuas pernas e me enfeitiça com teus olhos inocentes, olhos em fogo, derrete minha carne dentro da tua úmida alegria que me mata a fome, geme nos meus braços quando nua teu corpo ser o mundo .
No verão quero ir a um templo budista, mergulhar no deus que sou, meditar para das dores fazer carnaval, das cinzas vidas, da escuridão sol, das paixões amor, das incertezas pontes para em algum lugar me sentir em paz.
No verão vou colorir minhas roupas, fazer bolinhas de sabão, ir mais vezes ao teatro, saborear pastel de feira, beber vinho, jogar na loteria, encontrar meus amigos, falar da alegria de viver e ter amor pelas coisas gostosas da vida.
Quero ser verão, mas com as cores do outono, o romance do inverno e o arco- íris da primavera, quando chegar o verão quero ser lindo como Bob Marley, perfeito com o “olhar” profundo de Jesus Cristo, quero andar andar respirar outras paisagens mais amigas, quero encontrar gente na fronteira do ser e não ser, ser água, correnteza calma, amor seguro do sabor amigo.
No verão quero cruzar mares e fronteiras, vender um milhão de livros, encontrar um emprego melhor, passar em concurso público, encontrar diamantes nos olhos abençoados do amor, no verão quero acordar leve, dormir em cama de casal, ir ao cinema, andar pelas ruas, ir ao Paraguai e Argentina, Venezuela e Uruguai, Colômbia e Canadá, No verão quero andar pelo mundo.
No verão quero dormir ao teu lado, no verão quero andar por todas avenidas e me perder contigo, no verão quero flor, mel e abelha, no verão quero sabor sol e sal da tua língua, no verão quero estradas e carnaval a dois, no verão estarei onde teu coração bater.



Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

A onda da mediocridade

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys