Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 23, 2014

Nossos dias felizes

Imagem
Hoje caminhado com minha filha, disse: seu pai um dia vai ficar velho, então é você quem vai me segurar pela mão ao atravessar a rua, ela respondeu: é só você cortar a barba e nunca fica velho. Doce momento, uma nostalgia do bem tomou conta de mim, lembrei-me do meu pai me carregando nos ombros para irmos atrás do trio elétrico “Subaé” e um dia quando ficamos conversando na porta da estação ferroviária, contei meus planos para minha maior idade. Nostalgia do bem, amor do bem, sim, porque pode existir amor que seja para o mal, o amor que só nós sentimos é amor do mal, porque nasce e morre com a gente, amor do bem é esse que a saudade não é tristeza e sim alegria de ter vivido algo. A gente munda e nem percebe, já fui mais explosivo, sem notar, fui me tornando introspectivo, como uma esponja que suga tudo para si. Gabriely Del Fabria, uma amiga minha psicóloga, disse que isso é ruim, que um dia meus nervos não vão aguentar e posso ter um derrame ou infarto. Acho que ela exagerou, só sei …