Pular para o conteúdo principal

O fim do PT

Há alguns dias falava com Joaquim, um velho militante do PT, que ele ainda veria seu partido como no começo de tudo, meia duzia de militantes( todos com mais de quarenta anos de idade) reunidos nos fundos de um sindicato decadente.
 Os que hoje gritam que "não vai ter   golpe!" se dividem em cinco grupos: os que estão no PT por necessidade, são aquelas pessoas que vivem em pequenas cidades do interior do país e que só conseguem emprego em troca de apoio cego ao PT, não só a ele, mas qualquer partido que assuma o poder, e essas pessoas vão mudar de partido assim que o poder trocar de mãos, o segundo grupo são os militantes apaixonados que enxergam o partido como um igreja e Lula o mentor espiritual dela, esses vão até o fim com o PT, exceto se Lula fundar um novo partido, aí vão com ele , o terceiro grupo são de intelectuais , artistas e professores, esses vivem no limbo da realidade, acreditam-se mentores de uma nova sociedade, para eles o mundo é simples: se de esquerda é bom, se de direita é mal, precisam dessa visão niilista de mundo para justificarem a decadência da própria visão de mundo que acreditam, logo logo estarão ao lado de Marina Silva  ou qualquer outro representante do que vão chamar de "esquerda renovada" , o outro grupo, são de pessoas mais jovens, esses  vão emprestar suas juventudes e utopias os neos-PT como PSOL, que acredita-se mais puro que Jesus Cristo, exatamente como  o PT era, sem contradições, sem erros e o último grupo são parlamentares do PT, muitos já articulam a criação de um novo partido, estão pressionando  Lula para que convença Dilma a enviar ao congresso uma emenda que antecipe as eleições presidências.Esses parlamentares não são estúpidos como  os militantes empoderados de soberba e etnocentrismo político , estão preocupados é com o futuro político deles. 
Antecipar eleições seria uma alternativa viável, evitaria o desgaste do afastamento da presidente, acalmaria o país, e os parlamentares , claro, teriam tempo para organizar um novo partido, basta saber se Dilma vai aceitar isso ou vai preferir seguir sagrando até o fim.
Neste exato momento só o PCdoB está ao lado da presidente, não porque seja o PCdoB um exemplo de fidelidade, isso acontece pela natureza do partido que nunca deixou o Araguaia e não pensaria duas vezes em pegar em armas novamente para "defender a democracia".
 o PT real, de políticos poderosos, há muito deram as costas para presidente, muitos deles foram humilhados por ela e Lula quando esses achavam-se intocáveis, o mesmo aconteceu com milhares de militantes no país inteiro, militantes  que nunca aceitariam dinheiro para segurar a bandeira do partido em uma manifestação.
Se nada disso acontecer, uma coisa é certa, o PT começou a perder muitos políticos e militantes, quando o barco afunda não são os ratos que pulam fora primeiro, são os que conseguem antecipar o futuro. Só instinto não garante a sobrevivência, Lula agiu tão somente com instinto, o animal político acreditou que só o populismo seria suficiente para perpetuação do PT no poder, esqueceu de levar em consideração muitas outras variáveis. 
Lula me faz lembrar  o protagonista de "  O general em seu labirinto" de  Gabriel García Márquez, livro em que o autor romanceia os últimos dias de vida de Simón Bolívar, Bolívar que muita gente analfabeta em história nas manifestações contra o PT repetia que os Ptistas eram bolivarianistas" , quando o PT está mais para fordismo estatal. 
Enquanto isso ,militantes idiotas vão para ruas defender o que não quer mais se defendido porque apendeu com o bom e velho capitalismo que tentar salvar uma marca que entrou em desgraça é bobagem, o melhor mesmo é criar outra novinha. mesmo que a diretoria seja a mesma. 
http://poesiaeguerra.blogspot.com.br/
http://edineysantana2.blogspot.com
http://edineysantana.zip.net
http://livrosdeedineysantana.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

“Eu vou tirar você deste lugar – As canções de Odair José”

A internet tem tirado do limbo muitos artistas que foram solenemente ignorados pela crítica e mídia ortodoxa ou pior, foram massacrados por uma estrutura midiática preconceituosa e elitista. Odair José foi um desses artistas que mesmo com uma importante obra foi deixado fora do que cretinamente chamam de MPB, essa sigla é a senha para que muitos artistas sejam desprezados e outros coroados como “gênios” e inquestionáveis. A internet nos faz olhar para o lado e ao olharmos para o lado encontramos um importante legado de inúmeros artistas, artistas que antes eram chamados de bregas, ou seja, inferiores culturalmente, politicamente, e não só isso, o público desses artistas também foi durante muitos anos marginalizados, tanto que muitas pessoas escondiam que gostavam deles. Curioso é que esse preconceito todo foi dogmatizado por gente supostamente progressista e defensores de causas nobres, gente que se diz sensível as nossas mais dolosas demandas sociais, mas aceitaram fazer parte da co…

Mãe

Livros. Bendita seja minha mãe que aos livros me apresentou, benditos livros que não me tornaram parte do lado doce da vida, mas também não me deixaram afundar no lodo existencial.  Bendita sejam todos letrados ou iletrados, benditos sejam os olhos "cegos" do meu pai que foram os guias dos meus passos, bendita seja cada letra do alfabeto, cada virgula, ponto, travessão, exclamação, dois pontos para me levarem ao mundo sem dor. Benditos sejam os anjos das vogais, os doutos das consoantes, Bendita seja minha professora Norma e sua doce alegria que na minha adolescência me mostrou a poesia da gramática, bendito seja meu professor Anchieta Nery  que me disse:  -Você é poeta. Bendita seja a noite, a sempre noite das minhas insônias, as tristezas amigas, o espelho que não me reflete, bendita seja a fé que não tenho,  esteja comigo para que na hora da minha morte eu não sofra o que já sofri pelas horas da vida. Benditos sejam os amores,  paixões,  verdades,incertezas da vida, gran…

A onda da mediocridade

Não acredite nesta história de "onda azul ou vermelha". Frases como essas foram criadas por empresas de propagandas, elas querem convencer você a votar da mesma maneira que nos induzem a comprar tal marca de cigarros ou cervejas. Essas empresas de publicidade não estão preocupadas com sua cidade ou sua felicidade, querem que você descida pela emoção, enquanto você ataca com sua emoção quem defende a "onda azul" ou quem defende a "onda vermelha", criando um clima de justiçamento político não enxerga o óbvio: as mentiras que são contadas, inventadas para que você se sinta bem estando de um lado ou outro, para que você tenha orgasmos políticos, como se realmente fizesse parte da mudança prometida, mas você é só uma ponte para que um grupo ou outro chegar ao poder. A “onda azul" e a " onda vermelha" são motivadas não por um sincero sentimento de esperança, realização ou sentimento cidadão, são motivadas pelo desejo de poder, é só o que aliment…