Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 23, 2016

Ladrão ou herói? Depende com que mão se rouba

São tempos pervertidos esses dias corridos pela inversão de valores. No Brasil de hoje ser ladrão ou herói é apenas um questão com que mão se rouba, os fatos são invertidos, a importância da obra cultural produzida por alguém pode, por exemplo, ser salvo conduto para que esse alguém defenda organizações criminosas e fique ele ao mesmo tempo imune a qualquer crítica. A questão não é se alguém cometeu algum crime, a questão é se o crime já foi cometido antes, se foi, então tudo bem, aí se passa a discutir a intensidade com que os crimes foram cometidos ou a finalidade social do crime, e se você erguer sua voz, se posicionar de maneira crítica vai ser odiado por todas facções criminosas que controlam o país, por mais estranho que possa parecer, a facção que mais grita contra “o crime da burguesia”, contra os racistas, contra o homofóbicos, contra “elite branca” é a mais intolerante e perversa, ela controla universidades, de feirinhas literárias nas escolas até grandes eventos de literat…