Olha para o céu

O fim do dia em Brasília é quase sempre um espetáculo de cores, o céu parece ficar ao alcance das mãos, tons cinza, azuis e vermelhos misturam-se nos oferecendo um momento mágico de contemplação. Nesse momento de tantas notícias ruins no Brasil e pelo restante do mundo buscar uma conexão com Deus através da natureza é a melhor alegria que podemos ter. Diante as dificuldades olho para o céu, me permito a emoção de acreditar que nada é o acaso, assim como meu presente é de alguma maneira fruto das escolhas que fiz no passado, esse céu, essas luzes foram desenhadas na grandeza divina que nos que felizes.

Quando a solidão é ameaçadora o melhor a fazer é buscar abrigo na natureza, olhar para os raios do sol que vão anunciando a noite, olhar as primeiras estrelas e saber que em qualquer parte do mudo o sol, noite e as estrelas são as mesmas, não estamos sozinho.
Por mais complicadas que as coisas estejam é preciso não naufragar na desesperança e falta de amor por si mesmo, se transformar em um morto vivo não vai resolver nada, conversar consigo mesmo, ser carinhoso com nossas vidas nos ajuda a vencer todas as barreiras.
Seja lá em que lugar desse país você esteja ofereço essas fotos do céu de Brasília, desejo sinceramente que você esteja bem e se não estiver, não desista, procure outros caminhos, olhe para o céu, não estamos sozinhos. Eu também tenho minhas dores e decepções, mas busco força no olhar para o céu, na beleza da vida para continuar... Boa noite.

Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

A onda da mediocridade

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys