Pular para o conteúdo principal

Punição social

Prisão não resolve muita coisa e não basta. Muitos empresários foram presos ou denunciados por corrupção, alguns pagaram ou vão pagar multas, outros fizeram delação premiada e tiveram penas abrandadas, mas isso não diminuir o estrago causado não só por eles como seus comparsas políticos, por isso penso que tanto empresários e políticos que cometem crimes de corrupção e desvios de verbas deveriam além das penas possíveis serem obrigados a construírem, em curto espaço de tempo, creches, escolas e centros para tratamento odontológicos e dependentes químicos, o que cada um ou suas empresas construiriam deveria ser estabelecido por um juiz e de acordo ao roubo praticado por eles, deveriam também ser obrigados a trabalharem nas obras. Além da construção eles deveriam manter os custos de manutenção por uns vinte anos, depois estados e municípios assumiriam os custos.
Em 2013, dados do IBGE apontam que apenas 27% das nossas crianças tinham acesso a creches e essas dados não mudaram, 11% da população brasileira não tem dentes e o tratamento mais usual dos brasileiros nos consultórios odontológicos ainda é a extração do dente.
Centros de tratamento para dependentes químicos são raros e caros, muitas pessoas buscam e querem tratamento, mas não encontram ou não podem pagar. Por todos esses dados e diante o montante roubado dos cofres públicos é que as penas devem mudar, sou a favor de penas sociais, punir para que a punição traga algum retorno para sociedade e é justo que empresas e seus donos e políticos reparem de maneira social os donos causados por eles ao país e a todos nós.
O que dificulta o Brasil aproveitar este momento de exposição pública das vísceras podres da união criminosa entre políticos e empresas é a polarização, o delírios ideológicos que toma conta do país. A polarização política não quer o bem do país é um jogo contraditório em que cada grupo político defende os interesses próprios não levando em consideração a dor e destruição social no país.
De um lado nós temos delirantes que contaminados com uma eficiente propaganda fascista enxerga “comunistas” em todos os lugares e que esses supostos comunistas são responsáveis por tudo de ruim que acontece no país e contrapondo a isso nós temos uma intelligentsia de esquerda que tem como pauta não o país, mas o que acreditam ser para o melhor para eles . Os dois lados da polarização são extremamente perigosos, cúmplices ativos na construção desses caos que o Brasil se encontra, querem cada um impor a visão de mundo deles, negam radicalmente qualquer voz que destoem do processo político que são protagonistas, inocentam e martirizam criminosos que estejam nas suas vanguardas. Um exemplo disso foi a julgamento da chapa Dilma-Temer, a esquerda cretina e direita cafajeste se uniram para salvar uma organização, que segundo o Relator do processo, era criminosa. Mesmo com provas apresentadas pelo Relator dos crimes praticados pela chapa Dilma-Temer a polarização durante os quatro dias do julgamento se uniu para salvarem-se.
E por que se uniram? Se aceitassem a queda de Temer, a esquerda estaria admitindo que ela, a esquerda representada por Dilma cometeu crimes, se a direita aceitasse a queda de Dilma, como não seria possível desmembrar a chapa, estariam aceitando também que são criminosos, por isso fizeram uma trégua. A polarização deu uma banana para 14 milhões de desempregados, milhões sem atendimento médicos e um povo refém da violência urbana e no campo e salvaram-se, perdeu-se uma chance de punir exemplarmente representantes do crime que controla nossa política e tudo isso em nome de delírio ideológico de esquerda e direta.
Por tudo isso que é preciso mudar o sistema de leis, mudar todo sistema. Não adianta só trocar políticos se o sistema é o mesmo, é preciso reformar o Estado, os três poderes, cortar radicalmente privilégios. Punir socialmente já seria um começo.


Postagens mais visitadas deste blog

Mãe

Livros. Bendita seja minha mãe que aos livros me apresentou, benditos livros que não me tornaram parte do lado doce da vida, mas também não me deixaram afundar no lodo existencial.  Bendita sejam todos letrados ou iletrados, benditos sejam os olhos "cegos" do meu pai que foram os guias dos meus passos, bendita seja cada letra do alfabeto, cada virgula, ponto, travessão, exclamação, dois pontos para me levarem ao mundo sem dor. Benditos sejam os anjos das vogais, os doutos das consoantes, Bendita seja minha professora Norma e sua doce alegria que na minha adolescência me mostrou a poesia da gramática, bendito seja meu professor Anchieta Nery  que me disse:  -Você é poeta. Bendita seja a noite, a sempre noite das minhas insônias, as tristezas amigas, o espelho que não me reflete, bendita seja a fé que não tenho,  esteja comigo para que na hora da minha morte eu não sofra o que já sofri pelas horas da vida. Benditos sejam os amores,  paixões,  verdades,incertezas da vida, gran…

A onda da mediocridade

Não acredite nesta história de "onda azul ou vermelha". Frases como essas foram criadas por empresas de propagandas, elas querem convencer você a votar da mesma maneira que nos induzem a comprar tal marca de cigarros ou cervejas. Essas empresas de publicidade não estão preocupadas com sua cidade ou sua felicidade, querem que você descida pela emoção, enquanto você ataca com sua emoção quem defende a "onda azul" ou quem defende a "onda vermelha", criando um clima de justiçamento político não enxerga o óbvio: as mentiras que são contadas, inventadas para que você se sinta bem estando de um lado ou outro, para que você tenha orgasmos políticos, como se realmente fizesse parte da mudança prometida, mas você é só uma ponte para que um grupo ou outro chegar ao poder. A “onda azul" e a " onda vermelha" são motivadas não por um sincero sentimento de esperança, realização ou sentimento cidadão, são motivadas pelo desejo de poder, é só o que aliment…

Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys

O que Caetano Veloso, Chico Buarque e Jean Wyllys têm em comum? Todos são ex-empregados da Rede Globo. O Buarque e o Wyllys se dizem de esquerda, Veloso é...é... Olha quem sabe, porém quem nemnem. Pois bem. Há quem acredite que "gênios" se fazem sozinhos, que eles têm o poder mágico do talento e só isso basta para que tenham reconhecimento e sucesso. Não é. Sem o poder da Rede Globo nunca essas pessoas teriam o alcance que tiveram e duas delas levantariam dúvidas sobre a suposta genialidade atribuída a ambos. Dez entre dez pessoas “super inteligentes” “cabeças”, “imunes a manipulação da mídia golpista” têm no trio citado aqui algo que chamo de esquerdismo cristão. Conheço até pessoas que recusaram participação em programas da Rede Globo, acreditando assim estarem contribuindo, como bem cantou Raul Seixas, “para ao nosso belo quadro social”, mas rezam na cartilha de crias da própria Globo. Jean Wyllys é um pouco mais velho que eu, mas somos da mesma geração, militei anos n…