Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2017

“Eu, Kalunga”

“Eu, Kalunga” é um romance da escritora Custódia Wolney publicado originalmente em 2005. O romance nos apresenta traços e aspectos do povo Kalunga. Os Kalungas é uma comunidade quilombola situada ao norte do estado de Goiás. Através das reminiscências da personagem Berta, somos levados por um Brasil desconhecido, misterioso, místico e, sobretudo, um Brasil teimoso que insiste em se erguer e ser autor da própria história, um Brasil bonito e comovente, um Brasil de mulheres fortes como Berta. “Eu, Kalunga” é um romance histórico que busca reconstruir e nos contar historicamente aspectos antropológicos de brasileiros que construíram com as próprias mãos o lugar que lhes cabe neste país tão desigual e excludente. Berta, menina negra, é sequestrada por um índio, violentada, engravida, foge, casa com outro homem mesmo não tendo por este homem afeto, apaixona-se por outro homem e vive platonicamente essa paixão, é espancada pelo marido. Berta é forte, vai vivendo, revivendo, a cada queda se…